Pontal vence 3º Prêmio Latino-Americano de Responsabilidade Social

 

A Pontal Engenharia Construções e Incorporações LTDA é vencedora do 3º Prêmio Latino-Americano de Responsabilidade Social Empresarial FIIC. É uma das seis empresas brasileiras indicadas pela CBIC.

 

A cerimônia de premiação aos vencedores do 3º Prêmio Latino-Americano de Responsabilidade Social Empresarial FIIC (Federação Interamericana da Indústria da Construção) para o biênio 2017-2019 será realizada no dia 04 de outubro de 2017 durante a comemoração do 31° Congresso Interamericano da Indústria da Construção FIIC, na Cidade de Buenos Aires, Argentina, no Hotel Sheraton Buenos Aires. De acordo com a Federação, a premiação reflete a evolução e importância da responsabilidade social no cotidiano dos negócios das empresas, associadas às Câmaras membros da FIIC.

Nesta terceira edição, a comissão julgadora decidiu atribuir três prêmios que contemplam duas categorias de acordo com o regulamento do concurso. A empresa Pontal Engenharia, Construções e Incorporações LTDA é uma das três empresas líderes no campo da responsabilidade social na América Latina a receber a premiação. A Pontal Engenharia foi uma das seis empresas brasileiras indicadas pela CBIC ao 3º Prêmio Latino-Americano de Responsabilidade Social Empresarial FIIC.

Associada ao Sindicato da Indústria da Construção no Estado de Goiás (Sinduscon-GO), a Pontal Engenharia, atua desde 1986 no setor de construção civil em Goiânia, com o diferencial de construir valorizando a qualidade. A construtora a partir de 2007, reforçou as ações de responsabilidade socioambiental, adotando a política e o slogan “Construir com Qualidade e Responsabilidade”.
Em 2010 a Pontal Engenharia se tornou a primeira construtora do Brasil a conquistar cinco certificações – NBR ISO 9001, PBQP-H (nível A), NBR 16001, OHSAS 18001 e NBR ISO 14001. Os processos de suas obras são auditados, comprovados e certificados por organismo técnico reconhecido pelo INMETRO.

O gestor de Obras e Qualidade da Pontal Engenharia, o engenheiro civil Wesley de Andrade Galvão, ressalta os fatores que potencializaram os resultados dos negócios da construtora.
“A prática da sustentabilidade, as ações fundamentadas no princípio do ganha x ganha, o foco no atendimento aos interesses e necessidades das partes interessadas, a extensão do conceito de qualidade (produto, meio ambiente, saúde e segurança do trabalho e responsabilidade social). Todos esses fatores contribuíram imensamente para que pudéssemos levar a engenharia brasileira ao merecido reconhecimento internacional, e reafirma seu caráter de excelência técnica e humana”, disse o gestor da Pontal.

A Pontal Engenharia tem um histórico de contribuição à cadeia da construção civil nacional com partipação na difusão do desenvolvimento sustentável. Foi vencedora do Prêmio CBIC de Responsabilidade Social (2011), obteve três práticas inclusas no Guia CBIC de Boas Práticas em Sustentabilidade na Indústria da Construção, e mais recentemente, o seu diretor Executivo, Ivo Corrêa Faria foi reconhecido entre os 10 líderes em sustentabilidade da construção civil, por meio da publicação da CBIC – Sustentabilidade na Indústria da Construção.

O Prêmio Responsabilidade Social Empresarial FIIC consiste em difundir e promover as melhores práticas de responsabilidade social empresarial homenageando as empresas parceiras das Câmaras e Federações membros da FIIC que se destacaram na implementação de normas relacionadas à responsabilidade social empresarial e geraram impactos positivos relevantes na sociedade, na economia ou no meio ambiente.

Para a Federação Interamericana, as empresas e organizações no mundo estão cada vez mais conscientes da necessidade e dos benefícios de um comportamento socialmente responsável. O objetivo da responsabilidade social é contribuir para o desenvolvimento sustentável. “O desempenho de uma organização em relação à sociedade onde desempenha suas funções e do seu impacto sobre o meio ambiente transformou-se em uma parcela fundamental da medição do seu desempenho global e da sua capacidade de continuar operando de maneira efetiva”.

Desde 2012, a Federação Interamericana da Indústria da Construção outorga, a cada dois anos, o Prêmio Latino-americano de Responsabilidade Social Empresarial FIIC – o Prêmio RSE – FIIC. Para a edição 2017-2019, foram atualizadas as categorias, os critérios de outorga, os mecanismos de candidatura e de avaliação, todos eles presentes nas atuais bases do prêmio.

Candidatura das empresas

As empresas parceiras das Câmaras e Federações membros da FIIC, interessadas em candidatar-se, devem fazê-lo por meio da sua Câmara ou Federação, preenchendo o Formulário de Candidatura.

Cada Câmara ou Federação Nacional de Empresas ou empresários da Construção que fazem parte da FIIC precisam notificá-la por meio de carta em papel timbrado próprio ou dos postulantes que considerar como candidatos. Poderão se candidatar, no máximo, cinco empresas das quais três deverão ter rendimentos auferidos superiores a US$ 10.000.000,00 – e duas empresas inferiores aos US$ 10.000.000,00 – em vendas anuais não considerados os impostos devidos.

Critérios de Avaliação

As propostas passam por uma avaliação técnica realizada pela FIIC por meio da sua Comissão de Responsabilidade Social Empresarial, além de um consultor independente. São analisadas somente as candidaturas que cumpram os requisitos formais. Esta equipe avalia e qualifica as candidaturas com base nos critérios de avaliação. Mediante esses critérios são selecionadas as empresas que tenham conseguido a maior qualificação. A equipe elabora um ranking e realiza os relatórios técnicos de cada uma destas candidaturas selecionadas, que serão entregues à Comissão de Qualificação.

Escolha dos ganhadores

No processo de seleção coube à Comissão de Qualificação a seleção das empresas ganhadoras. Os relatórios técnicos das candidaturas qualificadas e selecionadas, assim como o ranking, são entregues à Comissão de Qualificação. Todas estas candidaturas são consideradas elegíveis. A Comissão de Qualificação outorgar o Prêmio a qualquer um deles, com base em critérios de avaliação qualitativa. Ao final, a Comissão vota e escolhe a(s) empresa(s) ou empresário(s) ganhador(es). A decisão da Comissão de Qualificação não cabe recurso, pelas regras do Regulamento.

Premiação

Durante a comemoração do 31° Congresso Interamericano da Indústria da Construção FIIC, que será celebrado em Buenos Aires, Argentina, no mês de outubro de 2017, terá lugar a Cerimônia de Premiação de caráter solene, na qual será premiado o ou os vencedores do Prêmio Latino-americano de Responsabilidade Social Empresarial FIIC. Serão convidados a tomar o palanque, exclusivamente, o Presidente e/ou diretor-Geral da (s) Empresa (s) para realizar um breve resumo, onde sejam expostas as razões que forem consideradas como merecedoras do Prêmio.

Para informações adicionais, dirigir-se à Câmara ou à Federação Nacional da Construção respectiva, afiliada à FIIC.

COMO OS PREMIADOS SÃO AVALIADOS E ESCOLHIDOS?

Uma vez cumprido o prazo para o recebimento dos Formulários de candidatura (ver Prazos do Processo no site da FIIC www.fiic.la), serão realizadas as seguintes etapas:

a. Etapa 1: Comprovação de requisitos de candidatura. Será averiguada a observância do candidato quanto aos requisitos formais contidos no Regulamento e nas Regras para a Candidatura. Esta revisão será realizada sob a supervisão da FIIC.

Todas as propostas recebidas passarão a compor o acervo da Federação Interamericana da Indústria da Construção (FIIC).

Os candidatos deverão autorizar a FIIC a usar o material entregue com fins de informação e difusão.

b. Fase 2: Avaliação Técnica. Realizada pela FIIC por meio da sua Comissão de RSE e o consultor independente, somente para as candidaturas que cumpram os requisitos formais. Esta equipe avalia e qualifica as candidaturas com base nos Critérios de Avaliação. Seleciona aquelas empresas que tenham conseguido a maior qualificação, elabora um ranking e realiza os relatórios técnicos de cada uma destas candidaturas selecionadas, que serão entregues à Comissão de Qualificação.

c. Fase 3: Escolha dos ganhadores feita pela Comissão de Qualificação. Os relatórios técnicos das candidaturas qualificadas e selecionadas, assim como o ranking, são entregues à Comissão de Qualificação. Todas estas candidaturas serão consideradas elegíveis. A Comissão de Qualificação poderá outorgar o Prêmio a qualquer um deles, com base a critérios de avaliação qualitativa. Em reunião ampla, esta Comissão vota e escolhe a(s) empresa(s) ou empresário(s) ganhador(es). A decisão da Comissão de Qualificação terá caráter inapelável.

AS INSTÂNCIAS

· A Comissão de Qualificação: Composta por seis pessoas, presidida pelo Presidente da FIIC, são os responsáveis pela escolha das propostas ganhadoras. Será composta por cinco representantes da FIIC e um alto Diretor da organização co-receptora do Prêmio Latino-americano de Responsabilidade Social Empresarial FIIC, relacionado ao tema de RSE.
· A Comissão de Responsabilidade Social Empresarial RSE – FIIC: A Federação Interamericana da Indústria da Construção nomeará a Comissão de Responsabilidade Social Empresarial a cada dois anos, que estará composta por, pelo menos 3 de seus membros e será presidida pelo Presidente da Comissão.
A Comissão RSE terá por objeto a administração do processo de candidaturas, o monitoramento da execução adequada do Prêmio e a nomeação da Comissão de Qualificação que deverá definir os ganhadores a cada dois anos.

A Comissão de Qualificação delegará para um Consultor independente a administração operacional de todo o processo e monitorará a sua gestão por meio da Secretaria Geral da FIIC.

 

Fonte: CBIC

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

MENU
WhatsApp chat